Há 1 ano, Confiança operava “milagre do Médici” ao eliminar Estanciano

Foto: Filippe Aráujo/FSF
Foto: Filippe Aráujo/FSF

Há um ano, o Confiança operou o que hoje chamam de “milagre do Médici”. No dia 18 de maio de 2014, a equipe proletária precisava de dois gols de diferença e conseguiu o placar aos 47 minutos do segundo tempo.

O time estava sendo eliminado pelo Estanciano. Se o placar não fosse alcançado, o time não disputaria a decisão contra o Socorrense, não seria campeão Estadual, não disputaria o Brasileiro da Série D e assim, não subiria para terceira divisão nacional.

Mas aos 47 minutos do segundo tempo o cruzamento de Thiago Santos achou Leandro Kível, que não desperdiçou o último lance do jogo e colocou o Dragão na final. Na sequência, título estadual após cinco anos de jejum e vaga no Campeonato Brasileiro da Série D. No segundo semestre, os comandados de Betinho ainda deram outra alegria: O acesso para a Série C.

Os torcedores azulinos ainda ganharam de bônus naquele mesmo momento em que Leandro Kível classificou o time para final. O Sergipe levou o gol da virada em Aracaju e a final foi contra o Socorrense.

Um ano depois, o Confiança é o bicampeão estadual e disputa o Campeonato Brasileiro da Série C. Estreou no último sábado, com empate em 1 a 1 para o ASA, na Arena Batistão. A equipe volta a jogar no próximo domingo, às 19h, na Arena Patanal, em Mato Grosso.

Fonte: Globoesporte.com