Apesar dos contratempos, Betinho aprova desempenho: “Gostei muito”

Foto: João Áquila
Foto: João Áquila

Apagões, confusões nas arquibancadas, nada de gols e amistoso encerrado aos 19 minutos da segunda etapa. Não foi assim que torcedores, jogadores, dirigentes e comissão técnica imaginaram que terminaria uma partida que homenageou um dos grandes atletas da história do Confiança, o goleiro Fábio. Apesar de tudo isso, o técnico Betinho gostou do desempenho da equipe nos 64 minutos contra o CSA, na noite da última quarta-feira no Sabino Ribeiro.

– Houve uma evolução nítida. No primeiro tempo, nós jogamos em cima do adversário, marcamos e conseguimos reduzir a saída de bola deles e, consequentemente, roubamos muitas bolas no campo ofensivo. Criamos várias situações nos cruzamentos tanto pelo lado direito quanto pelo lado esquerdo, é lógico que os atletas ainda não estão no melhor deles na parte técnica, então alguns cruzamentos saíram muito fortes ou muito baixos. Dentro da área adversária sempre tinham dois ou três jogadores nossos chegando, pressionando. Praticamente em todo o primeiro tempo jogamos em nosso campo ofensivo. No segundo tempo, veio a queda de energia que acabou quebrando um pouco aquela sequência que eu e até mesmo os atletas esperavam, porém no contexto geral eu gostei muito – técnico azulino.

 Até o momento o Confiança já realizou dois amistosos contra o CSA e deve fazer o último contra o Feirense no próximo domingo, às 16h, no estádio Sabino Ribeiro. Além disso, o clube fez um jogo treino contra um time amador de Riachão do Dantas e outro contra o Estanciano na tarde desta quinta-feira. A estreia oficial dos proletários será pelo Campeonato Sergipano e em casa contra o Boca Júnior, às 16h. Na Copa do Nordeste, a equipe enfrentará o Vitória no dia 4 de fevereiro, jogo que marcará a reinauguração do Batistão.

Fonte: Globoesporte.com