Após 13 anos, diretoria do Confiança pede ajuda na net por título de 2000

Já se passaram treze anos e ainda não há uma definição sobre o campeão sergipano de 2000. Sergipe e Confiança travam na justiça o direito pela taça. Para desfazer o impasse, a diretoria proletária, através do seu presidente, Luiz Roberto, pediu a ajuda dos torcedores para ‘resgatar a verdade’ sobre a decisão contra os colorados.

LR_FB

O presidente azulino fez o pedido à torcida através de uma rede social. Segundo ele, o clube quer provar que o time foi o verdadeiro campeão daquele ano.

“A Diretoria inicia ações para resgatar a verdade sobre o título de 2000. Estamos em busca de documentos e fato que possam comprovar que o Confiança foi o verdadeiro campeão daquele ano. Quem souber de algo é só informar. Vamos à luta”.

O que aconteceu

Sergipe e Confiança deveriam jogar a final no dia 26 de novembro, no Estádio Sabino Ribeiro. Mas, alegando problemas de segurança, e com aval da Polícia Militar, o Sergipe não compareceu ao jogo. A Federação adiou a partida para o dia 3 de dezembro, no Estádio Presidente Médici, em Itabaiana, mas desta vez quem não compareceu foi o Confiança. O time colorado seria declarado campeão, mas após ações na justiça, a FSF chegou a sugerir a divisão do título, o que não foi aceito pelas duas equipes.

O GLOBOESPORTE.COM entrou em contato com Carivaldo Souza, presidente da FSF, por telefone, mas o mesmo não quis comentar sobre o assunto limitando-se a dizer que já estava tudo resolvido e que, no entendimento da entidade, o Sergipe seria o campeão. Mesmo assim, o título ainda não foi homologado para nenhum dos dois times. A redação ainda tentou contato com os presidentes atuais das equipes, mas sem sucesso.

Fonte: Globoesporte.com

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com