Atletas tentam segurar a ansiedade para jogo decisivo contra o Londrina

Foto: Luciano Otávio
Foto: Luciano Otávio

Faltam apenas 90 minutos ou um pouco mais que isso, se considerarmos os acréscimos, para o Confiança conquistar o segundo acesso seguido. Para conseguir a vaga na Série B do Brasileiro do próximo ano, o Dragão precisa pelo menos empatar com gols com o Londrina no Paraná. Ansiedade é palavra que melhor define o elenco azulino nesta semana decisiva.

– Dependendo das circunstâncias do jogo, a gente sabe que aqueles cinco minutos finais podem virar uma eternidade pra gente. Sejam 90, 100 ou 120 minutos, o mais importante é que possamos dar o nosso melhor dentro de campo, independente do tempo, para sairmos de lá classificados – comentou o capitão da equipe, Richardson.

A qualidade da equipe adversária, principalmente em casa, é mais um obstáculo. Embora o Tubarão esteja invicto no Estádio do Café, os proletários têm como defesa bons jogos que fez fora do estado na primeira fase.

– Sabemos que a equipe deles é qualificada, mas também sabemos da nossa qualidade. Acredito que nós temos totais condições de chegar lá e surpreendê-los em casa – afirmou Felipe Lima.

O goleiro Rafael também elogiou os adversários, porém fez questão de ressaltar as qualidades dos proletários e mandou o recado para este confronto que pode levar o time sergipano à segunda divisão nacional.

– É uma equipe boa, né? Não é à toa que classificou em primeiro no outro grupo. Só que nós também temos nossas qualidades, nosso ataque tem mostrado um bom poder ofensivo, enfim, toda a equipe tem feito bons jogos. Então vamos mostrar o que temos de melhor lá para conseguir essa vitória – destacou Rafael Sandes.

Confiança e Londrina se enfrentam no próximo domingo pelo jogo de volta das quartas de final da Série C. Vale ressaltar que já terá iniciado o horário de verão brasileiro, portanto a partida será às 19 horas, no Estádio do Café, horário local. Em Sergipe, será uma hora a menos.

Fonte: Globoesporte.com