Betinho garante que time evoluiu

Foto: João Áquila / GloboEsporte.com
Foto: João Áquila / GloboEsporte.com

O técnico Betinho ficou satisfeito com a atuação do Confiante, no empate, por 0 a 0, com o ABC, sábado, no Frasqueirão, em Natal, pela quarta rodada do Grupo A, da Série C do Campeonato Brasileiro de Clubes. A satisfação do treinador do Dragão do Bairro Industrial foi tamanha que ele já prevê para os próximos jogos uma equipe mais entrosada e, por extensão, a conquista de vitórias.

“Ainda não falta algo para o Confiança alcançar o ponto ótimo. Não pode ser de um dia para o outro. Para isso, precisa de uma boa sequência de treinos e de jogos. Sábado, em Natal, deu mais uma grande demonstração que está em processo de evolução. Não é nada fácil encarar o ABC, em seus domínios, e isso fez de forma aplicada e determinada”, declarou.

Betinho, também, destacou a obediência tática dos jogadores que, segundo, eles seguiram à risca o que ficou orientado, durante os dias treinamentos.

“A nossa orientação foi para a equipe marcar forte, não oferecer espaços ao ABC e evitar, a qualquer custo, tomar um gol. Foi uma tarefa das mais árduas, porque o adversário, jogando em casa, se sentia na obrigação de vencer a partida. Mas a seriedade, a força vontade de vencer e a garra demonstradas por eles foi decisiva para trazermos no retorno dos males o menor, que foi o empate”, acrescentou.

A reapresentação do elenco, para o início dos trabalhos, visando ao jogo das 19h do próximo domingo, no Batistão, com o Remo, do Pará, foram iniciados, no dia de ontem, com uma atividade regenerativa. Nesta terça-feira, pela manhã, os jogadores que enfrentaram o ABC se exercitam, físico-tecnicamente, e, às 15h30, os demais participam de um jogo-treino com o quadro Sub-20, do clube.

Para o duelo com a equipe paraense, Betinho não falou sobre mudanças. Entretanto deixou claro que está na esperança que os atacantes Matheus Paraná e Orobó se recuperem a tempo de poderem ter seus nomes relacionados para o jogo.

“Quanto mais peças de reposição à disposição, melhor. No ataque, por exemplo, estamos com carência. Por isso torço que Matheus Paraná e Orobó reapareçam curados de lesões e iniciem os treinamentos com bola. O jogo com o Remo é de suma importância para a nossa pretensão no Brasileiro, daí a necessidade de termos de contar o que há de melhor no elenco ”, concluiu.

O meia Wallace Pernambucano, após um bom período no departamento médico, finalmente, foi liberado pelo fisioterapeuta Emanoel Sampaio para trabalhos físicos, com o professor Carlinhos.

“Espero estar de volta aos treinos de campo, o mais breve possível. É muito ruim ficar fora da equipe, principalmente, num momento como o atual, em que o Confiança precisa, urgentemente, iniciar uma trajetória de vitórias, para buscar uma vaga, na Série B, em 2017”, afirmou.

 Fonte: Jornal da Cidade