Confiança 3 x 1 Boca Junior – Esperança mantida, cabeça erguida e erros a corrigir

Foto: Emanuel Rocha

Somente na quarta partida veio a primeira vitória no hexagonal, esse “atraso” tirou nossa possibilidade de irmos a final sem precisar de combinação de resultado, mas ao menos nos mantém na esperança de ir à final buscar o bicampeonato, a vaga na Copa do Brasil e ida direta pra fase de grupos da Copa do Nordeste. Para isso precisamos vencer o Itabaiana e torcer que o Lagarto não vença o Sergipe em jogos que acontecem no próximo sábado.

A essa altura, depois de tantas peruas e guerrinhas de bastidores, terminamos o campeonato de cabeça erguida seja qual for o resultado de sábado. O time melhorou em campo, fizemos partidas dignas contra Sergipe e CRB, vencemos bem o Boca, em que pese a fragilidade do adversário. O Hexagonal, suas durezas e nossos erros fizeram com que Luizinho começasse a encontrar uma melhor formação para o time de forma que os reforços que poderão chegar para a série C já encontrem um padrão de jogo encaminhado e com as correções que devem ser feitas.

Muitos dizem que no meio da tempestade não é hora de apontar os erros, mas discordo, por que se não apontar agora, como corrigir? Por isso nunca é demais lembrar que essa situação pela qual passamos com o estadual ameaçado e as classificações nas Copas do Brasil e do Nordeste perdidas em um ano que tivemos boas possibilidades de passar na duas, é fruto de uma mal planejamento, que só olhou pro resultado e não para o contexto, para que o construiu e para quem atrapalhou.

Por isso urge refazer o planejamento visando a série C tirando as boas lições do trabalho de Luizinho e dando carta branca para que ele corrija os erros que herdou e permanecem.

O Jogo

O Confiança nem precisou forçar muito para abrir o placar. O primeiro gol poderia sair no primeiro minuto, quando Frontini perdeu de frente para a meta. Mas Iago estava inspirado. O camisa 11 recebeu dentro da área e mandou de cabeça para balançar a rede. Ele também participou do segundo gol, quando deixou a defesa do Boca Júnior perdida, depois lançou Everton, que chutou cruzado para ampliar. O genérico argentino chegou com perigo com David, ele surpreendeu a defesa do Dragão com chute sem ângulo, Genivaldo tenta a defesa e a bola bateu no travessão.

O Confiança continuou superior em campo na volta do intervalo. Ítalo entrou no lugar de Flávio e marcou um golaço. Ele chutou com categoria na entrada da área, a bola bateu na trave e foi para o fundo do gol. O genérico argentino ainda marcou um golaço com Mateus, mas o Dragão só precisou administrar o placar para garantir a primeira vitória na segunda fase e manter vivo o sonho de classificação para a final.

(Análise por globoesporte.com)

Perspectivas

Agora é vencer o Itabaiana e torcer para que o Lagarto se enrole com o Sergipe, não temos mais nada a fazer, a conta é essa e espero contar com a sorte que bem nos acompanhando desde a temporada passada.

Saudações azulinas,

Mike Gabriel