Confiança bate o Estanciano e é líder do campeonato sergipano

ConfiancaEstanciano00

Voltando a jogar no Batistão depois de três semanas, após a eliminação na Copa do Nordeste, o Confiança reencontrou sua torcida numa partida marcada por uma tarde de muito sol e pouco futebol. O Dragão não repetiu o bom futebol que vinha apresentando e só tirou o zero do placar na reta final da partida.

O destaque do Dragão ficou por conta do garoto Joelton que entrou no segundo tempo e marcou um belo gol. O jovem atacante é oriundo das divisões de base do Confiança, e entra enquanto promessa de revelação do clube proletário.

O duelo

O jogo começou com o Confiança tomando a iniciativa, mas sem precisão no ultimo passe. O Estanciano se aproveitava das chances de contra-ataque e de bola parada, mas também sem criar grandes chances de perigo.

O jogo chegou aos seus 20 minutos com muitos passes errados, mas também prejudicado pela postura da arbitragem. Muitas faltas bobas marcadas deixavam, o jogo lento e entediante. Felizmente o tédio não durou muito.

ConfiancaEstanciano01
Uma sequencia de boas chances do Dragão começou quando Diego Neves avançou pela direita e bateu cruzado, mas ninguém chegou. Logo depois, aos 22, o lateral Angelo avançou e bateu de perna trocada, sem muita precisão.

O mesmo Angelo recebeu grande passe de Richardson, invadiu a área e encheu o pé. A bola explodiu no travessão de Clézio e não entrou. No minuto seguinte, cruzamento da direita e Diego Neves cabeceou muito perto do gol.

Mais uma vez, pela direita, Angelo passou para Wallace cruzar e Diego Neves mergulhar cabeceando, mas pra fora, mais uma vez.  Notando a postura defensiva do Estanciano, o treinador azulino Rocha optou por sacar um volante e colocar um meia armador mais leve, tirando Oliveira e colocando Alisson em campo.

Não adiantou muito. O primeiro tempo acabou 0x0, apesar da superioridade azulina.

ConfiancaEstanciano02

Segunda etapa

O Confiança voltou ao segundo tempo sem mudanças no seu time, exceto por um elemento: o uniforme azul. Superstição de Nadélio Rocha, ou apenas promoção dos novos uniformes pela fornecedora de materiais esportivos?

Com a lentidão com a qual começou o time proletário, a torcida se irritou e pediu a saída de Wallace, que não jogava bem. Rocha mostrou que também estava insatisfeito e sacou o atacante para a entrada do jovem Joelton.

A equipe ganhou em movimentação, mas ainda tinha a dificuldade de acertar um passe preciso. Aos 10 minutos, Alisson conseguiu esboçar um lance de maior criatividade, quando driblou um zagueiro na frente da área e enfiou a bola para Diego Neves que foi abafado pelo goleiro.

Pouco depois mais uma jogada do Confiança com boa troca de passes, e Diego Neves bateu forte de fora da área para fazer o goleiro Clézio trabalhar mais uma vez. Era o Dragão apertando um Estanciano disposto a se defender até encontrar o contra-ataque ideal.

Aos 25 minutos Valdson se arriscou na frente e fez cruzamento na cabeça de Anderson de cabeça mandar por cima. Diego Neves também teve sua chance dentro da área quando mandou para fora, após a sobra no escanteio.

ConfiancaEstancianoGolJoelton

Só na reta final do jogo o Confiança acordou e o placar mudou o número. Aos 30 minutos, Joelton recebeu do lado direito, cortou o zagueiro e bateu de esquerda no ângulo do goleiro. Golaço do Dragão.

Não demorou muito e o azulino ampliou: Augusto Ramos cobrou falta de canhota com precisão. 2×0 Dragão.

Mas o Canarinho não estava morto. Após cruzamento na área, Ricardo sai mal e Brasinha empurra de cabeça para diminuir. Enquanto o confiança pensava em tocar a bola para administrar o resultado o Estanciano foi com tudo para cima, mas não conseguiu evitar a derrota.

O Dragão conquista sua segunda vitória na competição e agora tem nada menos do que um clássico em Itabaiana contra o tricolor, pela terceira rodada. O Estanciano conhece sua segunda derrota e agora vai recebe o também desesperado Lagarto, dentro de casa no Francão.

Ficha Técnica
CONFIANÇA
: Ricardo, Angelo, Renê, Valdson, Valdo e Augusto, Oliveira, Richardson, Paulinho Mossoró, Wallace, Diego Neves.  Técnico: Nadélio Rocha
ESTANCIANO:  Clézio, Ruan, Renan, Cleriston e Adriano, Diogo, Alex Abreu, Alex Franco, Clubes, Indio e Brasinha. Técnico: Luiz Pondé

Público: 1343 presentes

Fonte e Fotos: Infonet

Por Irlan Simões

Comments

  1. […] Para o técnico proletário Nadélio Rocha, foi justamente este o ponto mais forte do rival, que deu muito trabalho durante a partida, mesmo saindo de campo derrotado por 2 a 1. […]

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com