Confiança joga pouco, mas vence mais uma e lidera

ConfiancaBoca00

Um jogo desempolgante. Assim pode ser definido a partida da tarde deste domingo, quando o time de Nadélio Rocha voltou a apresentar um futebol tímido, e a torcida também não se empolgou para ir ao Batistão. Apenas 1.055 torcedores estiveram nas arquibancadas para ver Da Silva salvar o Dragão no final da partida.

No jogo em que Augusto Ramos, o artilheiro da equipe, perdeu um pênalti, quem salvou foi Da Silva. Outro destaque ficou por conta da entrada de Jeferson no time titular. O goleiro formado nas divisões de base do proletário substituiu Ricardo e deixou Fábio no banco. Já o Boca Junior perdeu seu primeiro jogo após três empates consecutivos sem gols.

O primeiro bom lance surgiu de Diego Neves, aos 7 minutos, quando recebeu bom passe de Paulinho Mossoró, mas errou o alvo na saída do goleiro. O Boca também assustou, com Pacheco batendo forte por cima do gol de Jeferson.

Aos 19 foi a vez de Renan assustar com chute de longe. Quando o relógio marcava 30 minutos do primeiro tempo foi a vez de Paulinho Mossoró arriscar de longe, mais uma vez passando perto do gol de Paulo.

RochaConfiancaBoca

Quando o jogo se encaminhava para o intervalo, com muita reclamação da torcida, Richardson recebeu bola na área e foi puxado. O juiz apontou o centro da área. Na cobrança, o artilheiro da equipe no ano falhou. Augusto Ramos bateu mal, o goleiro espalmou, e mesmo no rebote o lateral bateu para fora. O goleiro saiu de herói, e machucado, foi substituído.

No segundo tempo Rocha optou por tirar Diego Neves e colocar o garoto Joelton, mais uma vez. Aos 13, o atacante proletário quase marca, quando recebeu bola na área e bateu de giro para fora.  Logo depois, Rocha colocou o time para cima quando sacou André e colocou Jean Alisson.

O Confiança passou a ter mais poder de criação, e não demorou muito para finalmente abrir o placar. Após 38 minutos Da Silva recebe cruzamento de Augusto Ramos e tira o zero do placar, para o alívio da torcida proletária. Acabou assim.

AugustoConfiancaBoca

Ficha Técnica
CONFIANÇA – Jefferson,  Renê, André (Jean Alisson), Valdo, Ângelo, Renan, Richardson, Augusto Ramos, Paulinho Mossoró, Da Silva e Diego Neves (Joelton). Técnico: Nadélio Rocha
BOCA JÚNIOR – Paulo (Charles), Anderson, Júnior Cruz, Fred, Moraes (Jony), Geovani, Bruno, Teco, Dudu, Pacheco (Osvaldo), Mano. Técnico: Pedrinho
Arbitragem: Fábio Roberto dos Santos, Edmilson Oliveira Santos, Rubens dos Santos Filho
Público: 1055 presentes

 

Por Irlan Simões

Fonte e Fotos: Infonet

Comments

  1. […] posse de bola, os proletários neutralizaram os adversários e criaram mais oportunidades de gol. Mas o placar de 1 a 0 revelou que ainda há muito o que se corrigir no time azulino. O principal ponto é a efetividade no […]

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com