Confiança passa sufoco no fim, mas vence Lagarto

ConfiancaXLagarto

No jogo que marcava o reencontro do Confiança com sua torcida depois do clássico contra o Sergipe, o futebol pouco vistoso voltou a irritar a torcida proletária no Batistão. Contra o Lagarto o Dragão passou mals bocados no fim da partida, para segurar – mais uma vez – um 1×0 magro e sem graça.

O Lagarto contava com a estréia de Joel Zanata, treinador com passagem em vários clubes baianos e que pode cumprir um bom papel no futebol sergipano neste ano.

O treinador pode levar os créditos pelo bom segundo tempo da sua equipe, quando enxergou – mesmo sem conhecer o elenco – as possibilidades de chegar ao gol, que não saiu por uma dose de azar e por alguns detalhes.

O Confiança vinha a campo com três desfalques: Augusto Ramos, artilheiro do time no torneio cumpria suspensão enquanto Valdson e Diego Neves se recuperavam de lesão.

O confronto

A primeira chance da partida surgiu de cruzamento pela direita, a bola chegou ao outro lado e Luan bateu bem, mas por cima. Logo depois, aos 5, em cobrança de escanteio, Jales dá um leve toque e quase marca.

Lagarto tambem chegou com Alan Dinamite mas Renan cortou cruzamento, impedindo finalização da equipe visitante. Era um início interessante de um jogo que teria elementos curiosos e reviravoltas até o final.

Aos 17 minutos, uma fatalidade acontece: ao disparar para o ataque, o estreante Jales sente a coxa e sai reclamando de fortes dores. O experiente atacante azulino foi substituído pelo jovem Joelton.

Seguindo a característica que marcou todos os jogos em que disputou na competição, Joelton saiu do banco para salvar o Dragão. No primeiro lance em campo, quando Jales nem havia descido da maca ainda, a zaga do Lagarto vacila feio, Da Silva divide com o goleiro e a bola sobre para Joelton bater da entrada da área com o gol aberto. Um a zero para o Confiança, com a estrela da jovem promessa azulina brilhando mais uma vez.

JoeltoConfiancaXLagarto

Pouco depois quase o Dragão amplia: Da Silva carrega do meio, costura meio time do Lagarto e bate bem. Caprichosamente a bola vai para fora. As melhores chances do Confiança surgiam do lado direito, nas investidas de Angelo, jogador que vem se mostrando o mais regular do time do Bairro Industrial até aqui.

O Lagarto também assustou com Nadson, que recebeu passe de André Cabeça, mas não acertou na veia, facilitando para Jeferson. O mesmo André Cabeça também arriscou de longe e por pouco não acerta um golaço.

O Dragão teve três chances seguidas de ampliar. Numa falta do lado direito, o lateral Luan bateu fechado e o goleiro precisou espalmar no susto. No escanteio a bola fez curva e bateu no travessão, Joelton aproveitou a sobra e soltou o pé para Rudson operar um milagre.

O primeiro tempo acabou com poucas chances do Lagarto, que não conseguia achar espaço. Nadson e Alan Dinamite não faziam grande partida e o destaque do time do interior ficou mesmo com André Cabeça.

Segundo tempo

No segundo tempo, já de camisa branca, o Confiança voltou com um ritmo mais devagar. Quem cresceu mesmo foi o Lagarto, que passou a ter mais consistência em campo com a entrada do experiente meia Eriverton que deu mais qualidade ofensiva à equipe.

Apesar disso, quem chegou bem foi o Dragão. Aos 13 minutos Joelton desperdiçou uma boa chance em que driblou o zagueiro na matada da bola, mas explodiu o chute em cima do goleiro Rudson.

Da Silva também perdeu algumas chances. Numa delas ele tabelou com Paulinho Mossoró, cortou o zagueiro e bateu tirando tinta da trave. A partir daí só deu Lagarto.

Por volta dos 20 minutos o Lagarto teve uma série de jogadas interessantes, quando a torcida do Dragão também perdeu a paciência, reclamando muito com o técnico Nadélio Rocha.

O crescimento do Lagarto pode ser creditado ao bom trabalho de dois jogadores em especial. Dadai e Wellington substituiram Nadson e Alan de forma precisa e eficiente, fazendo em menos de 10 minutos mais do que os titulares.

As jogadas aproveitavam a altura e o porte físico dos atletas, e marcou os movimentos da partida no segundo tempo. Em diversas ocasiões consecutivas o Lagarto ia a linha de fundo ou investia em bolas paradas para os seus atacantes subirem na cabeçada.

Muito disso também se deveu pela dificuldade do Confiança em anular o meio de campo do adversário. Com muito espaço, o Lagarto conseguiu trabalhar boas jogadas e penetrar a zaga do Dragão que não esteve num bom dia e viu Jeferson fazer as vezes do herói.

Aos 35 minutos o zagueiro André salvou, literalmente, em cima da linha numa dividida com Dadai num lance incrível. A bola foi cruzada do lado esquerdo, passou por todo mundo antes da finalização de carrinho, que não entrou por detalhe.

Os poucos momentos de ataque do time do Bairro Industrial surgiram de investidas de Wallace. O jogador caia pela direita dando trabalho à zaga adversária, mas não contava com a falta de criatividade dos colegas para a criação.

Já na altura dos 45 minutos, uma das melhores chances do Confiança se transformou num contra-ataque fulminante do Lagarto. Dadai mais uma vez recebeu de Eriverton e entrou em velocidade na área, para Jeferson salvar o time azulino mais uma vez.

Antes do apito final o Lagarto ainda perdeu mais duas chances dentro da área, chutando mal ou errando passes fundamentais. O Confiança, do técnico Nadélio Rocha, sairia mais uma vez na bronca da torcida. Com os 3 pontos, mas vaiado.

Com o resultado o Dragão assume a vice-liderança e fica atrás do rival Sergipe apenas no saldo de gols. O Lagarto continua na penúltima colocação do torneio. O campeonato chega à sua última rodada dos “jogos de ida”.

FICHA TÉCNICA
CONFIANÇA: Jeferson, Angelo, Renê, André, Luan, Renan, Oliveira, Paulinho (Jean Alisson), Wallace, Jales (Joelton) e Da Silva (Lismar)
LAGARTO: Rudson, Rogério, Junior Bahia, Vitor, Valdemir, Dema, Carlinhos, Roberto (Eriverton), André, Nadson (Wellignton) e Alan Dinamite (Dadai).
Arbitragem: Michel Freitas, Cleriston Barreto, José Carlos
Cartões: Confiança: André, Renan, Oliveira; Lagarto: Carlinhos, Valdemir, Dema, Eriverton

Por Irlan Simões

Fonte e Fotos: Infonet

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com