Confiança quer triturar o Vitória

Foto: Osmar Rios
Foto: Osmar Rios

Com o status de atual campeão sergipano e legitimo representante do futebol do nosso Estado na Série C do próximo Campeonato Brasileiro de Clubes, o Confiança inicia, nesta quarta-feira, as 21h20min (de Brasília), no novo Estádio Lourival Batistão, ou Batistão, hoje, podendo ser chamado de Arena Batistão pela sua característica de funcionamento, a sua dura caminhada na Copa do Nordeste de 2015.

Com a força máxima, já que contará com o retorno de Leandro Kíivel e Wallace Pernanbucano, que não enfrentaram o Coritiba, de Itabaiana, no último domingo, pelo Sergipão, o time proletário terá pela frente um conhecido adversário de longas datas, o Esporte Clube Vitória, da Bahia, do qual não guarda boas lembranças, na própria competição regional.

Nas duas últimas edições da Copa do Nordeste, em 2012 e 2013, o Confiança não teve boas participações. Com campanhas irregulares, não chegou a passar da primeira fase, e, na do ano passado principalmente, quando somou apenas dois pontos positivos, sendo, inclusive, derrotado pelo rubro-negro da Boa Terra, no jogo de ida, no Fernando França, por 3 a 1, e, no de volta, no Estádio de Pituaçu, em Salvador, por 2 a 1.

Mas, seguindo o velho adágio popular, segundo o qual “quem vive de passado é museu”, no Dragão, hoje, a história é diferente. Para o técnico Betinho, por exemplo, dentro do trabalho que está sendo empreendido em busca do bicampeonato, não há porque duvidar da possibilidade de sucesso do Confiança, no torneio.

“Hoje, o Confiança está entre as grandes forças do futebol do Nordeste. A campanha que realizou na Série D que o diga. Por pouco não chegou ao topo do campeonato. Por isso, não vejo a nossa equipe distante do Vitória, apesar do grande respeito que temos pelo nosso primeiro adversário”, declarou o comandante alviazul.

Betinho ultimou a preparação da equipe para o difícil compromisso de logo mais à noite, ontem à tarde, com um leve treino tático, no Sabino Ribeiro. Desde o inicio da semana, no clube no clube da Zona Norte da Capital é de muita expectativa. Do mais humilde funcionário ao presidente Luiz Roberto, ninguém admite um resultado diferente de vitória.

Ontem, após a movimentação dos craques proletários, comissão técnica e jogadores retornaram ao regime de concentração, nas dependências do Sabino Ribeiro. A provável formação, a ser anunciada por Betinho para o duelo com o Vitória, é a seguinte: Everson; Diogo. Valdo, Heverton e Altemar;  Flávio, Richardson, Everton Santos e Wallace Pernambucano; Leandro Kível e Bibi.

 

Vitória

A delegação do Vitória chegou ontem à tarde a Aracaju, e está hospedada em um hotel da Orla da Praia de Atalaia. O técnico Ricardo Drubscky, apesar do empate de domingo, com o Bahia de Feira, por 0 a 0,  na estreia do Estadual Baiano, não está propenso a promover alteração na equipe.

Pelo menos foi o que deixou claro, na manhã de ontem, quando comandou um treino leve com bola. Os jogadores Gabriel Souza, Matheus e Marcelo, lesionados não acompanham o time. O atacante Elton, que já teve passagem pelo clube e acertou o seu retorno, se apresentou ontem, mas ficou em Salvador, aguardando a regularização de sua situação, junto à FBF.

Fernando Miguel: Nino Paraíba, Edney, Cadu e Mansur; Amaral, José Welisson, Euler, Escudeiro e Jorge Vagner; e Neto Baiano. A prevalecer a ideia inicial de Drubscky, será com esta equipe que o Vitória pisará pela primeira vez, na Arena Batistão.

Fonte: Jornal da Cidade