Diretoria do Confiança cobra atitude e empenho

Foto: Reprodução/TV Sergipe
Foto: Reprodução/TV Sergipe

Uma reunião aconteceu na tarde da última segunda-feira, na sede do Confiança, envolvendo a diretoria, comissão técnica e jogadores proletários. O encontro serviu como ajustes e cobrança de empenho e união visando o tão esperado tricampeonato.

Atitude, postura e união, foram as palavras “mágicas” utilizadas pelo presidente do bicampeão estadual Luiz Roberto Dantas de Santana, no encontro com jogadores realizado à porta fechada no vestiário do Sabino Ribeiro. Foram duas reuniões que trataram sobre permanência de toda comissão técnica, busca por novos reforços e nomes para lista de dispensas de jogadores que não vem sendo utilizados pelo clube.
“Na verdade, primeiro tivemos uma conversa com o professor Betinho e toda comissão sobre essas duas derrotas nas últimas partidas (Sergipe e Itabaiana), manutenção da comissão e discutimos alguns assuntos relacionados a parte técnica e tática. Continuar buscando esse tricampeonato que é muito importante e com os atletas tivemos o mesmo tom de conversa. Uma conversa amistosa, mas dura, mostramos o que se faz aqui no Confiança e o que acontece em outros clubes brasileiros”, revelou o Santana.
No decorrer da reunião, que teve uma duração de cerca de 50 minutos, o dirigente maior do Dragão exigiu atitude e empenho mais satisfatório. “Não perdemos nada. Foi necessário o encontro para cobrar dos atletas e ao mesmo tempo tranquilizar porque existem 21 pontos em jogo e vamos buscar a nossa classificação”, concluiu o dirigente proletário.
REFORÇOS
Na tarde de ontem, a diretoria esteve mobilizada com representantes da comissão técnica comandada por Betinho na busca por reforços. Até sexta-feira (1º/04), data final para contratações, serão apresentados pelo menos dois atacantes, sendo um de beirada e outro de área. Os nomes não foram revelados pelo presidente azulino, mas adiantou que vem da Bahia, Alagoas ou São Paulo.