Diretoria do Confiança quer vetar árbitro em jogos do clube no Sergipão

Foto: Daniel Soares / ADC

A estreia do Confiança no Hexagonal Final do Campeonato Sergipano foi marcada por muitas polêmicas e reclamações com a arbitragem de Cláudio Francisco Lima e Silva. Jogando fora de casa, neste último sábado, contra o Frei Paulistano, no Titão, os azulinos não tiveram uma tarde das mais felizes e ficaram apenas no empate em 1 a 1. A equipe mandante abriu o placar logo aos três minutos de partida, com Gaibu, mas a equipe proletária chegou ao empate logo em seguida com o artilheiro Tito. E ficou só nisso. Quer dizer, só nisso em relação ao placar, pois o jogo rendeu, e muito, no quesito polêmicas com o árbitro.

O Confiança teve dois jogadores expulsos. Álvaro, que havia entrado no segundo tempo, caiu na área e Cláudio Francisco Lima e Silva, achando que ele havia simulado, deu o amarelo. Minutos depois o atacante cometeu uma falta. Levou o segundo amarelo e consequentemente foi expulso. gerada aí a primeira polêmica. Já nos acréscimos, Felipe Cordeiro foi expulso também. No fim do jogo, houve confusão e muitos jogadores, principalmente do Confiança, questionaram a arbitragem. Aos azulinos ainda reclamaram de um pênalti não marcado no primeiro tempo. Insatisfeito com a atuação da arbitragem, o presidente do Confiança, Hyago França, disse que ia tentar, junto a FSF, vetar Cláudio Francisco dos jogos do time no restante da competição.

– Infelizmente enfrentamos dois adversários aqui, o Frei Paulistano e a arbitragem do Cláudio Francisco. Fomos muito prejudicados pelos erros que ele cometeu. Ele expulsou dois jogadores nossos de maneira injusta, isso atrapalhou qualquer chance de conseguirmos reagir no jogo. Esse tipo de coisa não pode acontecer. Pode prejudicar o ano do Confiança, pode prejudicar todo um trabalho e esforço que estamos fazendo. Temos um clássico no meio de semana e perdemos dois jogadores muito importantes em expulsões injustas. Vamos procurar a Federação Sergipana de Futebol esta semana e fazer esse pedido que se evite escalar esse árbitro nos jogos do Confiança no restante do Campeonato Sergipano- disse o mandatário azulino em entrevista para a Rádio Cultura.

A diretoria do Frei Paulistano também reclamou de um lance especificamente, ocorrido no segundo tempo, quando Matiel cruzou a bola na área e ela tocou na mão de Radar e foi desviada. Com o empate em 1 a 1, o Amadense acabou fechando a primeira fase na liderança. Na próxima rodada, o Confiança terá o clássico contra o Itabaiana na Arena Batistão, na quarta, às 20h15. Além dos jogadores suspensos, Leandro Sena tem outra preocupação. É que a dupla de ataque Tito e Thiago Silvy se lesionou e saiu no meio do jogo. Eles serão examinados para observar se terão condição de jogo. O Frei Paulistano, no mesmo dia e horário, visita o Amadense no Brejeirão.

Fonte: Globoesporte.com

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com