Elenco azulino se reapresenta com reunião, treinos paralelos e novidades

Foto: Osmar Rios / GloboEsporte.com
Foto: Osmar Rios / GloboEsporte.com

Na reapresentação do elenco azulino no Sabino Ribeiro, nesta terça-feira, novidades para a torcida proletária. O meia Rogerinho e o atacante Thiago Silvy foram oficialmente apresentados como novos atletas do Confiança para o “segundo turno” do Campeonato Brasileiro da Série C. E no Sabino Ribeiro o momento é de mudança. O técnico Roberto Fernandes, antes de partir para o treino no gramado, ficou cerca de uma hora conversando com todos os atletas.

– Em toda reapresentação eu sempre gosto de fazer uma reunião para avaliar o desempenho do elenco na partida e discutir a programação de trabalho durante a semana. Essa foi mais longa porque o momento exigia. Terminou o primeiro turno e então fizemos uma análise do desempenho da nossa equipe no primeiro turno, que foi pífio. Quem não sabe por que ganha, não sabe por que perde e vice-versa. Terminamos o primeiro turno na zona de rebaixamento e somente com uma vitória. Sendo assim, mostrei para os atletas em números e em imagens o que devemos mudar, no treinamento e no jogo. Se isso não acontecer, vamos terminar o segundo turno no mesmo lugar e, consequentemente, fora da Série C do ano que vem. É um momento de mudança e, principalmente, a mudança tem que vir dentro de cada um – explicou Roberto Fernandes.

Depois desse longo bate-papo entre o treinador e o elenco, o grupo foi dividido. Aqueles que jogaram 60% ou mais da partida contra o Salgueiro em Pernambuco fizeram um trabalho físico e de recuperação na Academia do Dragão sob o comando do preparador físico Carlinhos. Ele também avaliou os novos atletas proletários, principalmente o meia Rogerinho, que está sem jogar desde fevereiro, quando estava no Capivariano-SP e sofreu uma lesão.

– Thiago estava em atividade, então está apto a treinar e ir ao jogo. Fizemos uma avaliação com ele e está tudo nos conformes. Já o Rogerinho estava parado e terá um trabalho à parte, faremos uma programação diferenciada com ele de, no mínimo, 10 dias de trabalho para condicionar o corpo para ficar apto a jogar. Segundo a fisioterapia do clube ele já está totalmente curado da lesão, agora é só aprimorar a preparação física dele, pois estava totalmente parado, sem fazer qualquer atividade, por isso precisa de um tempo maior para estar pronto – comentou Carlinhos.

Os outros jogadores fizeram um trabalho físico pela manhã e no turno da tarde ficaram sob a orientação do técnico proletário em um treino físico e técnico no campo principal do Sabino Ribeiro.

“Deixa essa pergunta para sexta-feira”
Foi o que disse o técnico do Confiança ao ser questionado se com os reforços que chegaram nesta terça o grupo já estaria do jeito que ele gostaria. Ele sorriu e explicou a frase.

– Deixa essa pergunta para a sexta-feira porque até lá eu espero que cheguem mais alguns jogadores. Daí na sexta vamos sentar com a diretoria para avaliar o elenco que temos e aí sim poder afirmar se precisaremos de mais algum reforço e em quais posições seriam. Quero inclusive agradecer à diretoria pela parceria, porque eu acho que é assim que deve ser, um atleta deve ser contratado com indicações do treinador e também com sugestões da diretoria, devemos trabalhar em sintonia e a diretoria do Confiança tem feito isso, inclusive não tem medido esforços para correr atrás de novos jogadores – finalizou Roberto Fernandes.

O Confiança é o penúltimo colocado do grupo A, com seis pontos. O próximo adversário será o ASA, na Arena Batistão, no próximo domingo. Na abertura da Série C este ano os azulinos empataram com o time alagoano no Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca.

Fonte: Globoesporte.com