Fahel Júnior diz que jogadores compraram ideia passada por ele

Fahel Júnior não quis ser mero observador na estreia do Confiança pela Copa do Brasil. Mesmo tendo desembarcado em Aracaju menos de 24 horas antes do jogo e sem ter comandado um treino sequer com o grupo, preferiu já ficar à beira do gramado e foi bastante participativo na vitória por 1 a 0 sobre os bugrinos. Seu único contato com o elenco foi no hotel, no mesmo dia do jogo. E mesmo assim ele mexeu no time que vinha sendo preparado pelo auxiliar técnico Paulo Sérgio Adocica. A primeira mudança foi não começar a partida com o jovem Joelton no ataque e avançar Wallace para cumprir a função. Outra providência foi confirmar Paulinho Mossoró no time titular como homem de criação. A proposta de jogo foi definida em uma longa conversa do novo comandante com os jogadores.

Fahel_Tecnico_Confianca

– Na verdade eu vivi aqui no Confiança uma situação muito inusitada. Algo que jamais havia acontecido em minha carreira. Fui para o jogo sem treinar o time. Mas fui muito bem alimentado de informações passadas pela nossa comissão técnica e os jogadores compraram também a ideia que eu passei para eles. Pedi para tocarem a bola e ocuparem espaços no campo adversário. Eles adotaram essa postura e fizeram um grande jogo, principalmente no segundo tempo. No segundo tempo tivemos uma pequena queda, o que é normal por causa do volume de jogo que mostramos. A perna pesa nestas situações. O time se superou e nosso goleiro praticamente não trabalhou – disse Fahel Júnior.

O experiente técnico, com passagem pelo River Plate-SE, substitui Nadélio Rocha, demitido do cargo no último domingo. A vitória sobre o Guarani faz com que o Confiança viaje para Campinas com a vantagem do empate. Caso perca por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis. Em caso de derrota por um gol de diferença, mas com o time sergipano marcando gol, a vaga para a próxima fase é azulina. O confronto acontece na próxima quarta-feira, às 20h30, no Brinco de Ouro.

– Temos a consciência de que podemos ir para Campinas e vencer, conseguindo esta classificação. O campo lá é bom e temos que repetir o que fizemos aqui, sobretudo no primeiro tempo – completou Fahel.

Para este jogo, ele contará com os retornos do atacante Diego Neves e dos laterais Ângelo e Augusto Ramos. Porém, antes deste compromisso pela Copa do Brasil, há o confronto com o Socorrense, no sábado, pelo Campeonato Sergipano, no Wellington Elias. No Estadual, o time azulino ocupa a 3ª colocação com 21 pontos.

– É um jogo muito importante para nós. Neste momento, desligamos a Copa do Brasil e passamos a nos preocupar com o Estadual. O título sergipano é a nossa grande meta, pois é ele que vai esticar o nosso calendário e nos dar uma vaga na Série D. Vamos jogar com uma equipe qualificada, que está entre as primeiras colocadas e jogará em casa. Temos que vencer e buscar retomar a liderança – completou o treinador proletário.

Fonte: Globoesporte.com

Foto: Filippe Araújo/ADC

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com