FSF e PM-SE proíbem a entrada de torcidas organizadas no Batistão

CarivaldoA Federação Sergipana de Futebol e a Polícia MIlitar de Sergipe tomaram uma medida radical contra as torcidas organizadas de Sergipe e Confiança. A partir desta terça-feira, a entrada de torcedores uniformizados ou portando faixas e bandeiras que possam identificar estes grupos está terminantemente proibida até um prazo de 30 dias.

A medida foi tomada por causa das atitudes antidesportivas que aconteceram no último clássico entre Sergipe e Confiança, no dia 1º de maio. Na ocasião, alguns torcedores invadiram o campo após o término da partida e entraram em conflito com a Polícia.

Segundo o presidente da Federação Sergipana de Futebol, qualquer pessoa pode entrar no Batistão, desde que seja com o intuito de apoiar o seu time e não de fazer baderna.

– Eles vão poder entrar sem estar usando uniformes ou qualquer outra coisa que os identifiquem como torcida organizada. Inicialmente esta medida é para as torcidas do Sergipe e Confiança que são as que não estão com o comportamento devido no Batistão – afirmou Carivaldo.

A Polícia Militar de Sergipe será reponsável pela fiscalização da medida e dará todo apoio necessário para o controle da entrada destes torcedoresMajor_Paiva no Batistão.

– As praças esportivas são locais para as famílias. Estes torcedores querem transformar o estádio em campos de guerra. Um estádio de futebol é um lugar onde pais levam os filhos para assistirem aos jogos e não podem ser ameaçados por grupos deste tipo que procuram a violência a todo momento – destacou o Major Paulo Paiva.

O Sergipão 2013 está na fase semifinal e as duas equipes ainda disputam a competição com chances de se encontrarem na final que está marcada para os dias 19 e 26 de maio, ainda dentro do prazo de proibição da FSF.

Fonte e fotos: Globoesporte.com

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com