Futebol do Nordeste tem balanço negativo em 2014

trocidaconfianca

Região que mais cresceu no país nos últimos anos e com o maior número de estádios novos e reformados para a Copa do Mundo, o Nordeste viveu um 2014 infernal no futebol. O balanço é trágico. Nenhum time nordestino conquistou títulos nas quatro divisões oficiais do Campeonato Brasileiro. Além de não erguer troféus, sequer conseguiram chegar às finais da Série C e D, a terceira e quarta divisões, algo que há anos não acontecia.

Mas o fiasco não parou por aí. A região contabiliza cinco rebaixamentos: treze da Paraíba na Série C; América do Rio Grande do Norte e Icasa do Ceará na Série B e os populares e badalados Bahia e Vitória na Série A. A queda do tricolor baiano é simbólica e representa bem como os times da região se prepararam para as competições das quais participaram. Esvaziado, o Bahia viajou com apenas 18 de 23 jogadores possíveis para Curitiba, onde a derrota para o Coritiba sacramentou o rebaixamento do time de Caetano Velloso e Gilberto Gil. Vexame semelhante protagonizou o arquirrival Vitória. Com o empate do Palmeiras com o Atlético-PR, o rubro-negro dependia de uma vitória contra o desinteressado Santos. Conseguiu perder por 1 x 0. Com isso, o Sport-PE será o representante solitário da região na elite do país em 2015. O único “consolo” foram os acessos do Confiança de Sergipe para a Série C e do CRB de Alagoas para a Série B. Muito pouco para uma região que desde 2013 organiza o mais bem-sucedido torneio regional do País: a Copa do Nordeste. Mas até agora a simpática Lampions League tem sido um sucesso apenas fora de campo.

Fracasso em campo e sucesso de bilheteria

Os nordestinos não mereciam o vexame que seus times deram em 2014. Fora de campo, continuaram dando show e lotando estádios e arenas. O maior público do ano em jogos de clubes no país é do Fortaleza na partida em que o tricolor cearense viu suas chances de acesso à Série B morrerem aos pés do Macaé. Na tarde de 25/10, 62.525 tricolores lotaram a Arena Castelão no empate com a equipe do norte fluminense.

Fonte: Brasil Econômico

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com