O jogo em números – Amadense x Confiança

O Confiança vai a Tobias Barreto no domingo enfrentar o Amadense em jogo decisivo para as duas equipes. O Leão do Rio Real é vice lanterna e precisa pontuar para escapar da zona de rebaixamento, já o Dragão faz uma das piores campanhas no estadual de sua história e precisa vencer para continuar olhando pra cima da tabela e não fletar com o rebaixamento.

Os números dos times no estadual até essa rodada são:

Confiança

  • 6 Jogos:
    • 1 Vitória
    • 3 Empates
    • 2 Derrota
  • Gols
    • 5 gols marcados
    • 5 gols sofridos
  • Fatos e séries
    • Artilheiro: Raí e Léo Ceará – 2 gols
    • 1 jogos sem vencer
    • 5 jogos seguidos em que o total de gols não supera 2

Amadense

  • 7 Jogos:
    • 1 Vitória
    • 1 Empate
    • 5 Derrota
  • Gols
    • 5 gols marcados
    • 18 gols sofridos
  • Fatos e séries
    • Artilheiro: Cristiano Alagoano– 2 gols
    • Venceu o último jogo
    • Pior defesa da competição com 18 gols sofridos

História

Fundado em 1981, o Amadense só estreou no Campeonato Sergipano da primeira divisão em 2000. Desde então caiu algumas vezes e ficou de 2008 a 2012 fora dos gramados. A melhor classificação do time tobiense no estadual foi o quarto lugar que conquistou nos anos 2000, 2001 e 2017. Seu único título é a Copa Governador do Estado de 2014 que o qualificou para disputar a Copa do Brasil do ano seguinte.

Confiança e Amadense se enfrentaram 19 vezes, com 16 vitória azulinas, 3 vitórias alviverdes  e nenhum empate. Nestes confrontos o Confiança marcou 39  gols e receber 15. Como mandante o Confiança venceu 9 partidas e perdeu 1, já na condição de visitantes venceu 7 e perdeu 2.

O maior placar do encontro foi a vitória do Confiança, em Aracaju, por 4-1 em 2001. O último confronto foi em 2017 no hexagonal final, em Aracaju, com vitória do Amadense por 1 x 0 (veja vídeo ao final)

O que esperar desse jogo

O Amadense conseguiu vencer a primeira no estadual depois de 6 jogos com 5 derrotas e 1 empate, a vítima foi o Dorense em Nossa Senhora das Dores, assim o time vem mais esperançoso e tranquilo para encarar o Confiança. O Confiança por sua vez vem de uma vitória na Copa do Nordeste e com as mudanças na comissão técnica, chega com um ambiente menos tumultuado, mas vem com a pressão de ter que vencer para continuar buscando a classificação para a segunda fase.

Diante disso, vejo o Confiança propondo mais o jogo e indo pra cima do Amadense nos primeiros 20 minutos, como normalmente faz. Depois disso o jogo deve entrar em uma rotação mais baixa, sobretudo se o Confiança (favorito no confronto) marcar logo um gol. Um agravante para as pretensões azulinas é o gramado do Breijeirão que é muito ruim e facilita um jogo de mais cruzamentos e pouca posse de bola. Vencendo esse jogo o Confiança limpa bem o ambiente para as 2 partidas que fará em casa e que poderão garantir a classificação para o hexagonal.