Marcar e não receber gols: Gilsinho fala o que tem que ser feito no jogo de ida

Foto: Osmar Rios / GloboEsporte.com

No próximo domingo, a Arena Batistão receberá mais um jogo que pode entrar na história do Confiança. Um resultado positivo pode deixar o Dragão do Bairro Industrial bem perto do tão sonhado acesso. Por isso, Gilsinho sabe que esse é o caminho para chegar com menos pressão no jogo de volta, em Sorocaba, no dia 24 de setembro.

– A única vantagem que eles têm é de jogar dentro de casa, mas não têm resultados iguais. Então para nós o importante é fazer um bom trabalho durante a semana, bem focado e fazer um bom primeiro jogo, conseguindo um resultado positivo, se Deus quiser, porque se a gente ganhar, podemos transferir essa vantagem pra gente – comentou o meia Gilsinho.

A chance de a vaga ser decidida nos pênaltis também existe, mas o meia Gilsinho espera que não seja preciso chegar neste ponto. Mas, se chegar, o elenco proletário está pronto para enfrentar e trazer a classificação para casa.

– O que vão contar são os gols fora de casa e precisamos estar ligados nesse primeiro jogo do início ao fim. O ideal é não tomar gol dentro de casa e marcar quando tiver a oportunidade para deixar que eles corram atrás de nós lá em Sorocaba. Pênalti não é bom não, mas temos um grande goleiro e grandes batedores de pênaltis e com certeza estaremos preparados para tudo. Se for o caso, estou preparado e baterei, pois tenho consciência de que posso fazer o gol – explicou Gilsinho.

Fonte: Globoesporte.com

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com