Na chegada em Aracaju, Confiança recebe recepção calorosa da torcida

Foto: Tâmara Oliveira
Foto: Tâmara Oliveira

Reconhecimento. Assim pode ser resumido o sentimento do torcedor azulino em relação à campanha histórica que o Confiança fez na Série C do Brasileiro. O tão sonhado acesso não veio. Faltou um golzinho para o sonho ser realizado, mas a frustração logo foi substituída pelo tal reconhecimento, traduzido em uma recepção bastante calorosa à delegação proletária. No desembarque em Aracaju, na noite desta segunda-feira, centenas de torcedores compareceram ao Aeroporto Internacional Santa Maria para homenagear jogadores e comissão técnica.

– É a hora que a gente tem de dar esse apoio ao Confiança. Não deixar cair. Todo mundo unido, idoso, jovem, criança, olha que bonito. Todo mundo apoiando o clube porque a união faz a força – disse o torcedor e funcionário público Antônio Correia Filho.

Um dos mais celebrados foi o técnico Betinho. Ele chegou a ser carregado pela torcida, que cantava em coro: ‘Fica, Betinho’!. O treinador, que dirige o clube há pouco mais de um ano e meio, já conquistou dois estaduais, o acesso para a Série C e, por muito pouco, não conseguiu levar o clube à segundona do Brasileirão. De acordo com a diretoria, uma das prioridades é a permanência de Betinho na próxima temporada.

– Betinho tem que permanecer porque ele é praticamente um dos nossos guerreiros. Ele conseguiu levantar o nosso time. A permanência do Betinho é um pedido da torcida. Acolhemos ele de coração, ele já disse que falta pouquinho para ele fechar mas tudo indica que vai dar certo e Betinho vai continuar no Dragão – disse o torcedor e motorista Flávio Vieira.

O treinador se mostrou bastante emocionado com a exaltação da torcida ao trabalho dele. Ele lamentou não ter concretizado o sonho do acesso para a Série B do Brasileiro e ainda disse que a preferência é pela renovação com o Confiança.

– Eu estou muito feliz por tudo que foi vivenciado nesse um ano e sete meses de trabalho. A preferência é pela minha permanência. Já tive uma conversa inicial com a diretoria. Agora vamos descansar um pouco, aproveitar um pouco a família e depois sentar com a diretoria para acertar, se tudo der certo, a minha permanência – declarou Betinho.

O Confiança, com a eliminação nas quartas de final da Série C para o Londrina, se despede da temporada 2015. Na próxima temporada, além de tentar o tricampeonato sergipano, o time tem pela frente as disputas da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil. Isso no primeiro semestre. No segundo, volta a disputar a Série C do Brasileiro.

Fonte: Globoesporte.com