Olímpico 1 x 1 Confiança – O fato novo que nada mudou

Foto: Felipe Martins/ADC

Uma teoria, questionável, do futebol é o “fato novo”, que acontece quando um time tá mal e muda de técnico para ver se algo diferente, um “fato novo”, acontece. Assim foi com o Confiança que vinha jogando mal com Ailton Silva, veio Luizinho Lopes como o “fato novo” e o time melhorou.

Mas há uma coisa que pouco se fala nesse “fato novo”, geralmente ele tem prazo de validade e costuma ser curto!

Em geral quando um time planeja mal sua temporada o problema não é somente o técnico, mas uma série de fatores como elenco e ambiente, por exemplo e que pode ser, ou não mudado pelo técnico. Luizinho Lopes chegou e o time ganhou um ânimo, emendou vitórias seguidas, mas já temos 3 jogos sem vitória e com os mesmos problemas de sempre, o prazo de validade do “fato novo” parece ter acabado.

Isso significa que Luizinho Lopes não irá fazer um bom trabalho no Confiança? Não necessariamente. Afinal o trabalho atual não é o dele e precisamos ter clareza disso.

Diante disso, precisamos cobrar a direção que nos colocou nesse buraco e dar um voto de confiança a Luizinho Lopes, pois uma boa campanha na série C passa por um bom trabalho do técnico.

O jogo

O Confiança foi a campo no mesmo 4-4-3 que usa desde o início da temporada e que sempre resulta no já conhecido bumba-meu-boi procurando Frontini, o que até é justificado por conta do campo estreito e gramado ruim. No primeiro tempo produzimos muito pouco, já o Olímpico foi melhor e deu trabalho para Genivaldo em pelo menos 3 chances.

No segundo tempo voltamos melhor, criando mais chances e chegando mais vezes ao gol do adversário. O Olímpico por sua vez manteve o ritmo do primeiro tempo deixando o jogo aberto. Aos 18 minutos do segundo tempo foi marcado pênalti para o Confiança, Frontini cobrou o marcou colocando o Dragão da capital em vantagem.

Após o gol, o jogo se manteve aberto com chances para os dois lados, mais objetivo o Olímpico esbarrou em Genivaldo na primeira grande chances depois do gol, mas na seguda, após cobrança de escanteio, conseguiu empatar com o zagueiro Lelo.

Após o gol nada mais de interessante foi criado, Confiança e Olímpico empatam a segunda partida do hexagonal e veem o Sergipe abrir vantagem de dois pontos na segunda colocação.

Próxima rodada

Na próxima rodada enfrentaremos o Sergipe em um clássico que pode definir nosso futuro no hexagonal, pois estamos 2 pontos atrás do rival e uma derrtoa nos deixará a 5 pontos faltando 2 rodadas. Mesmo um empate já pode nos complicar, visto que ficaremos na dependência de esperar um tropeço do Sergipe. Por isso temos que esquecer já o jogo de quinta, a classificação e todo o resto, o foco é unico em vencer o clássico e continuar na luta pelo título estadual.