A pedido do técnico, reforços chegam ao Confiança e falam em recuperação

Foto: Osmar Rios / GloboEsporte.com
Foto: Osmar Rios / GloboEsporte.com

Mal chegaram ao Confiança e os reforços Rogerinho e Thiago Silvy já têm na ponta da língua a missão atual do time no Campeonato Brasileiro da Série C: sair da zona do rebaixamento. O meia e o atacante, respectivamente, foram apresentados nesta terça-feira, no Estádio Sabino Ribeiro, em Aracaju. Eles foram indicados pelo técnico Roberto Fernandes e devem estar a disposição do treinador.

– Falar em acesso hoje é até complicado, o primeiro passo é tirar o time desta situação. Precisamos de uma sequência de duas ou três vitórias, que nos dá o respaldo de brigar pelo acesso – afirmou Robertinho.

– O primeiro pensamento é tirar o time mais rápido desta situação, de preferência já neste domingo. Temos que fazer o nosso dever neste domingo contra o ASA, para só depois pensar em coisas maiores – disse Thiago Silvy.

Aos 31 anos, Rogério Miranda da Silva, conhecido como Rogerinho, é de Paragominas, PA. Ele tem um vasto currículo, jogando principalmente no Nordeste, como no Fortaleza, Ceará e Náutico. Ele ainda tem passagens pelo Paysandu, Figueirense e Ponte Preta. O meia não joga desde fevereiro, quando teve uma lesão, mas garantiu que está 100%.

– Tive uma lesão no início do ano e tive que ficar muito tempo parado. Estou liberado há três meses, mas estava tratando melhor e agora estou 100%. Aqui eu já treinei em dois períodos, então estou bem. Gosto de finalizar e servir meus companheiros, espero que tenha no Confiança o mesmo sucesso que tive nas outras equipes, acho que só trabalhando vou colher os frutos com os companheiros. Trabalhei com o Roberto (Fernandes) em 2009 no Fortaleza, já joguei com Thiago Silvy, que está se apresentando agora, o Samuel, o Cascata, e o Jardel. Então acho que vamos nos entrosar bem – se apresentou Rogerinho.

Nascido em Florianópolis, o atacante Thiago Silvy Coelho é destro, mede 1,78 m e pesa 69 kg. Aos 30 anos, já defendeu a camisa de equipes de expressão, como Vila Nova, São Caetano, Portuguesa, América Mineiro, América-RN, Figueirense, Avaí, Fortaleza e Coritiba. ELe estava no Tupi-MG, quando pediu rescisão do contrato.

– Houve um acordo entre eu e a diretoria do Tupi-MG, o clube não passava por uma boa situação na competição e achamos melhor sair. Quando o Roberto soube ele me ligou e fez o convite para jogar aqui. É a primeira vez que vou jogar com ele, sempre o encontrei como adversário. Sou um jogador de velocidade que gosta de jogar nos dois lados do campo – conta Thiago Silvy.

O Confiança volta aos treinos nesta quarta-feira, no Estádio Sabino Ribeiro, em Aracaju. O time azulino é o penúltimo colocado do grupo A, com seis pontos. O próximo adversário será o ASA, na Arena Batistão, no próximo domingo.

Fonte: Globoesporte.com