Com pênalti nos acréscimos, Dragão bate Olímpico

Confianca-OlimpicoO primeiro jogo de Fahel Junior no comando do Confiança pelo Campeonato Sergipano dentro do estádio Lourival Batista teve pouca coisa nova para o torcedor do Confiança. Com um gol de penalti convertido por Augusto no final da partida, a nação proletária voltou para casa mais uma vez insatisfeita com o futebol apresentado.

Usando o mesmo esquema em 4-3-3 utilizado contra a Socorrense no fim de semana passado, o Confiança não teve muita criatividade. Parou na forte marcação do Olímpico de Pedrinho, um time que jogou de forma valente, mas foi prejudicado pela marcação de um penalti duvidoso ao fim da partda.

O jogo

Olimpico iniciou marcando com força e teve boas oportunidades com a bola parada. Aos 20 minutos uma boa cobrança da esquerda e Jerfeson precisou saltar para mandar para escanteio.

O Olimpico ainda desperdiçou um escanteio, quando Eri cabeceou totalmente livre na marca do cal e mandou para fora. O Confiança até essa altura jogava bem, mas parava em passes errados ou em boas interceptações da zaga adversária.

 Confianca-Olimpico01

Até os 20 minutos o Confiança tinha dificuldade de criar boas jogadas. O Olimpico encurtava o espaço, enquanto a falta de criatividade dos jogadores de armação, em especial Richardson e Paulinho Mossoró. Da Silva também desperdiçou uma boa chance. Cruzamento da direita de Angelo, o Pimentinha subiu bem mas cabeceou por cima do gol.

Aos 37 minutos Wallace teve a melhor chance do Confiança até o momento. Numa cobrança de escanteio do lado direito de ataque, o camisa 10 do Dragão subiu sozinho mas cabeceou por fora.

Ficou por isso. Ao fim do primeiro tempo a torcida ficou na bronca com o time: pouca criação, pouca movimentação e poucos lances de perigo.

Segundo tempo

ogada ensaiada do Olimpico, a bola é lançada na área, o experiente Valdson corta, mas na sobra Michel soltou o pé pata uma defesa sensacional de Jerfeson.

O Confiança mudou. Fahel Junior observou a falta de variedade de jogadas no meio, e sacou o lateral Luan e o meia Paulinho, colocando outros atletas da posição no lugar deles. Entraram Augusto Ramos e Jean Alisso, que deram outro padrão de jogo ao dragão. Aos 13 minutos, Valdson roubou bola e lançou Da Silva na direita, o baixinho avançou e soltou uma bomba que passou muito perto.

Confianca-Olimpico02

O Confiança percebeu que era pelo lado direito que os espaços apareciam. Agora com Jean Alisson, o meia cruzou rasteiro com força, mas o goleiro Jeferson pegou bem. Pouco depois foi a vez de Da Silva disparar, puxar para o meio e bater de esquerda para mais uma defesa dificil.

O Olimpico investiu no contra-ataque na entrada de Lima. Já o Confiança mudou Diego Neves por Jales. A ordem era usar a qualidade de finalização do experiente atacante.

Aos 30 minutos Wallace disparou pelo meio, passou por dois adversários e parou numa falta dura de Eri. O atacante azulino foi ao chão sentindo muitas dores, e o jogo ficou paralisado por cerca de cinco minutos.

Felizmente nada muito grave aconteceu e o atacante retornou à partida. O mesmo Wallace foi quem apareceu no meio da área e cabeceou bem, mas Jeferson voltou a operar um milagre fazendo uma linda ponte.

 Confianca-Olimpico03

Já nos minutos finais de jogo o Olímpico desperdiçou bons contra-ataques e viu o castigo da bola acontecer mais uma vez. Exatamente no lado que o Confiança identificou como o mais adequado para jogar. Jean Alisson caiu pela direita sofreu pênalti de Lima. Augusto bateu e fez.

Com a vitória, o Dragão volta a encostar na liderança do Sergipe, derrotado pelo Estanciano. Já o Olímpico, que saiu na bronca com a arbitragem, continua a apenas 3 pontos da zona do rebaixamento e vê a classificação para a semifinal muito longe.

FICHA TÉCNICA
CONFIANÇA: Jerfeson, Angelo, Valdson, André e Luan (Augusto), Oliveira, Richardson e Paulinho (Jean Alisson), Wallace, Da Silva e Diego Neves (Jales) Técnico: Fahel Junior
OLIMPICO: Jeferson, Jaedson, Eri, Deniscley (Lima), João, Jadson, Piau, Carlinhos, Michel, Buiu (Heidison) e Diego Renato (Jajá). Técnico: Pedrinho.
Arbitros: Claudionor dos Santos Junior, Cleriston Cley Barreto Rios e João Carlos de Jesus Santos.
Cartões: Confiança: Oliveira; Olimpico: Eri,
Público: 1511 presentes

 

Por Irlan Simões

Fonte e Fotos: Infonet

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com