Polícia para quem precisa?

Hoje faço um texto extra para o blog devido ao anúncio da PM Sergipana de que não mais garantirá a segurança dentro dos estádios de futebol, pois os jogos são particulares e por isso não é responsabilidade da PM fazer tal segurança e a Federação Sergipana de Futebol deveria contratar segurança particular.

pm-batistao

Como está claro para quem acompanha este site, sou torcedor do Confiança, mas não posso me calar frente a tamanho desrespeito ao Club Sportivo Sergipe e principalmente a sua torcida, ou seja, é um desrespeito ao futebol sergipano em última instância.

A função da PM é muito mais do que bater e prender “bandidos”, assim como segurança pública é muito mais que encher um ambiente de homens armados, e ainda que o comportamento da mesma não seja exemplar ao longo dos anos, era o mínimo de segurança que podíamos dispor dentro dos estádios, segurança essa paga com o dinheiro público e que deve melhorar (e muito), e não ser extinta.

Tal ação da PM tem a clara intenção de forçar o Sergipe a não mandar seus jogos em Carmópolis, transferindo-os para Itabaiana. Esquecem-se que a responsabilidade pela segurança dos jogos é da PM e não do clube ou da federação (ainda que eles contestem isso, na prática é e sempre foi). Esquecem-se ainda o que o Sergipe tem autonomia para mandar seus jogos onde quiser, devendo apenas consultar sua torcida.

Repudiamos este método de chantagem para forçar um clube de futebol a seguir determinações da PM ao passo que a mesma não assume seus erros que possibilitaram o confronto e quase assassinato de torcedores em Carmopólis. Tal atitude mostra a arrogância com que a PM trata torcedores, trabalhadores, manifestantes e etc ao longo dos anos e essa situação não pode continuar.

Caso a PM mantenha essa decisão, vamos esperar até o pre-caju para ver se ela valerá para todos ou se será apenas uma retaliação ao Sergipe.

Saudações azulinas,

Mike Gabriel

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com