O que precisamos fazer para não transformar a derrota para o Lagarto em crise?

Foto: Igor Matheus/ Portal Infonet

Boa temporada, invencibilidade no estadual, defesa menos vazada…tudo foi posto em xeque em 45 minutos de apagão no primeiro tempo do jogo contra o Lagarto. Após isso nada mais importava, pois dificilmente algo mudaria, como não mudou: Um gol para cada lado no segundo tempo em que terminamos com Vinicius Simon no gol após expulsão de Genivaldo, um toque de crueldade a mais em um noite já muito doída.

O que pensar depois de uma porrada tão grande?

Em primeiro lugar precisamos dimensionar essa derrota e isso é uma tarefa bem difícil, seja pelo placar elástico, seja pelo possível prejuízo financeiro que pode acontecer caso não vençamos a Dorense na próxima rodada, pois desde o início estamos falando da importância de vencer a primeira fase do estadual e com ela garantir vaga na Copa do Brasil, o que nos daria um aporte financeiro alto para a nossa realidade.

Desta forma a dimensão dessa derrota só será conhecida a partir dos próximos jogos, já que temos confronto decisivo contra a Dorense e, paralelo a isso, uma dura sequência na Copa do Nordeste (Fortaleza, Vitória, CRB e Santa Cruz). Vencendo a Dorense e passando sem grandes danos por essa sequência no Nordestão, o jogo contra o Lagarto terá sido um acidente de percurso, caso não aconteça terá sido o início da crise.

Assim, o melhor que o Confiança tem a fazer é um balanço de muitos erros que vinham acontecendo, mas estavam mascarados pela boa sequência na temporada e a partir daí encontrar estilos de jogo que não nos deixe tão expostos, mas sem abrir mão do ataque, e buscar os reforços para corrigir tais erros.

Quanto a nós torcedores, temos que entender que o time tem crédito. Foi quase tudo gasto ontem? sim, foi. Mas precisamos manter o apoio, pois nas próximas semanas tem muita coisa em jogo, então ajustar a crítica e manter o apoio é fundamental para que faltando 2 meses para a série C, a temporada não entre em uma crise aguda.

O alerta está ligado, pra nossa sorte temos uma pausa durante o carnaval para que as coisas se acalmem e possam ser ajustadas. Vamos aguardar, acompanhar e torcer.