RACISMO: Zagueiro André lamenta expulsão e diz que foi xingado de ‘macaco’

depoimento_andre_tavares

Um fato lamentável e que vem denegrindo a imagem do futebol nos últimos tempos. Ofensas racistas estão sendo frequentes nos jogos. Na partida entre Confiança e River Plate, que foi realizada na noite do último sábado, em Carmópolis, com vitória do Dragão por 2 a 1, o zagueiro André foi xingado de ‘macaco’. O jogador não soube identificar o agressor, mas afirma que a ofensa surgiu do local onde estava a comissão técnica do River Plate.

Após a partida, em que foi expulso na metade do segundo tempo, André desabafou em seu perfil em uma rede social, e no treino da tarde desta segunda-feira ele falou com a reportagem do GLOBOESPORTE.COM sobre o assunto.

– Fizemos uma grande partida em Carmópolis e infelizmente fui expulso em lance que não valia isso tudo. Além disso ainda teve este contra-tempo. Isso não é para ser normal no futebol, são ofensas racistas por parte de pessoas que estavam perto do banco de reservas do River, não sei especificar se era da comissão técnica deles ou não, mas começaram a chamar eu e o Oliveira de macaco repetidas vezes e até com a conivência do árbitro porque eu relatei a ele. É uma situação muito chata e em um ano e meio que estou aqui em Sergipe nunca tinha sofrido isso – afirmou o jogador.

André disse também que vai entrar em contato com a diretoria do Dragão para  ver quais as medidas que poderão ser tomadas sobre o caso.

– Ainda não encontrei o presidente, mas vou procurar saber com ele o que podemos fazer e para tomarmos uma medida para que isso não aconteça novamente . Isso não cabe mais no futebol nos dias de hoje. Não podemos permitir que isso aconteça novamente, vou sentar com a diretoria para ver o que podemos fazer – afirmou André.

AndreZagueiroConfianca

Do outro lado

O GLOBOESPORTE.COM entrou em contato com a diretoria do River Plate para falar sobre o assunto. Questionado sobre o fato, o gerente de futebol Virgilio Santos afirmou que não tinha conhecimento do ocorrido, mas lamentou bastante o caso.

– Repudio completamente este ato. Isso não é pra existir no século 21. O que este país deve a nós negros é impagável. Lamento bastante isso ter acontecido e se chegar até a diretoria da equipe que esta ofensa partiu de algum membro do River Plate vamos tomar as providências cabíveis. Vale ressaltar que no local de onde o zagueiro do Confiança afirmou ter vindo as ofensas também ficam torcedores – reiterou.

Fonte: Globoesporte.com

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com