Sub-18: Confiança sofre, mas vence o Itabaiana

 Sérgio Dórea e Paulo silva - Comissão Técnica

Sérgio Dórea e Paulo silva – Comissão Técnica

O Itabaiana escalou de ultima hora o atacante Rafael, que apesar de estar na relação dos profissionais até as 23h da noite de sábado (06/07) e a sua utilização no jogo surtiu efeito. O Itabaiana dominou grande parte do jogo, mais em mais uma tarde infeliz do atacante Maré, que não soube aproveitar as oportunidades criadas. Pelo lado tricolor os destaques foram os Atacantes Rafael e Yan, além do meia Branco que com grande movimentação e habilidade, incomodavam a todo instante a defesa proletária. Pelo lado do Confiança, os destaques foram o Goleiro Danilo, que sofreu nessa partida, mais gols do que sofreu em todo o campeonato, mais que ainda assim evitou pelo menos mais uns dois ou três gols da equipe tricolor, em defesas cara a cara com os adversários. Os laterais Amaral e Índio, ambos com boas chegadas a linha de fundo. O volante Batata, grande roubador de bola da equipe Alvianil e o meio esquerda Damião, jogador de grande diferencial técnico e que criava as principais jogadas do Dragão. Registramos a presença no Estádio Lourival Baptista, do empresário português Antonio Campos, Amigo pessoal do preparador físico do Itabaiana Sérgio Silva e que assistiu a vitória do Confiança por 3×2.

O Jogo

Nos primeiros dez minutos de partida, a equipe do Itabaiana surpreendeu a equipe proletária com uma marcação pressão e que surtiu efeito, pois os primeiros lances criados foram da equipe tricolor. Mais aos quinze minutos de jogo, o lateral esquerdo Índio da ADC, cruza a bola na área e a zaga tricolor tentando afasta a bola, tem a infelicidade de colocá-la dentro das próprias redes, Confiança 1×0. Logo em seguida aos dezesseis minutos, Damião o maestro da equipe do bairro industrial, faz bonita jogada individual, passando por dois adversários e chutando de fora da área, a bola vai caprichosamente à trave esquerda do arqueiro tricolor. Aos trinta minutos numa tabela entre Branco e Yan, a bola sobra para o atacante Maré, que chuta na saída de Danilo que faz grande defesa. Aos quarenta minutos de jogo, escanteio para o Itabaiana, a bola é alçada na área e de cabeça o zagueiro tricolor faz o gol, anulado de forma equivocada pela arbitragem, que marcava falta no lance. Mais o gol anulado não fez falta, logo em seguida o atleta Branco do Itabaiana faz linda joga, passa por dois defensores e só é derrubado na área, pênalti assinalado para o tremendão. Na cobrança o atacante Rafael cobra com categoria, bola de um lado e Danilo de outro, e assim terminava o primeiro tempo Confiança 1×1 Itabaiana.

Na volta do intervalo, não deu tempo para o tricolor respirar e logo ma saída de bola, aos vinte e três segundo do segundo tempo, Amaral avança pela direita, vai a linha de fundo e cruza forte na área do tricolor, e de forma bisonha o lateral tricolor tentando afastar, joga contra o próprio patrimônio, Confiança 2×1, com dois gols contra da defesa do Itabaiana. Mais o Itabaiana não se abateu e continuava a jogar no campo adversário e aos cinco minutos, Yan cobra falta pela esquerda e Maré cabeceia sozinho, a bola vai na trave e na sobra a zaga proletária afasta o perigo. Aos doze minutos do segundo tempo, mais uma vez Amaral chega a linha de fundo pela direita e cruza na área tricolor, Matheus se antecipa a zaga e faz o terceiro gol proletário, Confiança 3×1.  Logo em seguida aos quatorze minutos o lateral esquerdo tricolor cruza na área e Rafael se antecipa ao zagueiro proletário, pegando de primeira e a bola passa raspando o travessão defendido por Danilo. Aos trinta minutos mais uma vez Rafael, faz bonita jogada individual, e chuta de fora da área, a bola passa mais uma vez raspando a trave. No final do jogo, o Itabaiana, ainda diminuiu o placar, acabando Confiança 3×2 Itabaiana.

Fonte e Foto: Blog Base do Futebol

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com