‘Tudo indica que teremos refletores no Sabino’, diz presidente Luiz Roberto

No próximo ano, o Campeonato Sergipano não terá o principal estádio de Sergipe como palco dos jogos realizados em Aracaju. O Batistão está fechado para reforma e só abrirá em um prazo de quinze meses. Com isso, quem vai ter que correr atrás de outro lugar para mandar seus jogos são os clubes da capital, Confiança e Sergipe. Do lado azul, o presidente Luiz Roberto já deu os primeiros passos.

Foto: Filippe Araújo/Divulgação

Foto: Filippe Araújo/Divulgação

– Estamos fazendo algumas reuniões com a Federação Sergipana de Futebol e com o Governo do Estado para instalarem os refletores. Por enquanto só conversas, nada definido. Mas tudo isso tem que ser resolvido o mais rápido possível para iniciarmos logo, pois daqui a pouco começa o campeonato. Daqui até janeiro é rápido. Tudo indica que serão instalados refletores lá no Sabino Ribeiro – comenta o presidente.

Jogar em estádios que contenham iluminação artificial é uma das exigências da Federação Sergipana de Futebol. E a partir deste ano, a entidade que comanda o futebol em Sergipe não permitirá mais que os clubes mandem jogos fora de seu município de origem. Por isso, o Confiança e o Sergipe podem ter problema caso Sabino Ribeiro e João Hora não sejam viabilizados.

Luiz ainda acrescentou que a ideia é que o Governo banque a instalação das lâmpadas que serão retiradas do Batistão, e disse ainda que o que acontecer no Sabino Ribeiro acontecerá também no João Hora. Por enquanto, a introdução de refletores no campo proletário é a única novidade. Nenhuma reforma está programada.

– Já haviamos feito alguns ajustes no Sabino e ele tem já instalações de muita qualidade. Está faltando apenas um ou outro ajuste. Por exemplo, banheiro próximo da arquibancada – completou o mandatário.

Fonte: Globoesporte.com

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com