Valdson comemora prêmio e acredita que férias forçadas acabam em breve

valdsonNão adianta protestar, chamá-lo de cachaceiro e de muito velho para a prática do futebol, Valdson sempre dá um jeito de driblar as críticas, superar as desconfianças e defender o status de um dos melhores zagueiros do Estado de Sergipe. Em 2013, a crônica esportiva escolheu o defensor do Confiança pela sexta vez consecutiva para a seleção dos melhores do Sergipão.

Com o fim do contrato, o proletário têm férias forçadas, mas acredita que não ficará muito tempo descansando. Sobre o Campeonato Sergipano, lamenta a má fase do Confiança na reta final e afirma que receber o prêmio não o pegou de surpresa. Desde que voltou à Sergipe em 2008, ele não foi para decisão apenas em 2010 e 2013.

– Não foi surpresa para mim. Infelizmente não conseguimos o título, não soubemos nos controlar no momento decisivo, mas jogamos bem. Alguns jornalistas me disseram que eu estava bem cotado, por isso, estava esperando. Fico feliz e agradeço aos cronistas pelos votos – disse o zagueiro.

– No momento estou descansando, mas não queria. Férias é para o final do ano. Eu quero mesmo é jogar e creio que vou receber uma boa proposta. Tem algumas especulações, mas não tem nada de concreto. Estou livre para conversar. Posso até jogar fora de Sergipe, mas tenho que lembrar o fato de eu não ser mais um garoto para ficar se aventurando por aí.

O zagueiro não foge das perguntas, diz que sabe assimilar as críticas e que, ao contrário do que disse a direção do Confiança na época, não ficou chateado com a charge reproduzida no GLOBOESPORTE.COM no final do ano passado, onde ele aparece como ‘velha novidade do time para a temporada’.

valdson00

– As críticas são normais. No futebol elas são acentuadas, mas temos que aprender a lidar com elas. Não me senti ofendido com a charge. Charge é para brincar mesmo. Me mostraram o desenho e deixei para lá, pois sabia que era uma brincadeira. Não precisava aquela polêmica toda, tanto que só lembrei dela porque você falou agora. Tenho a consciência que sou profissional e cumpro com minhas obrigações e isso é o que importa.

Fonte: Globoesporte.com

Fotos: Globoesporte.com e Filippe Araújo/ADC

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com