Vigilância vistoria Batistão e aprova reinauguração

grande-vigilancia_batistao_030215

A Vigilância Sanitária do município realizou nesta terça-feira, 3, a última vistoria na Arena Batistão antes da reinauguração do estádio prevista para ser entregue na quarta-feira, 4, a partir das 17h. A imprensa foi impedida de acompanhar a vistoria e teve que aguardar do lado de fora. A visita durou cerca de três horas e meia.

A Vigilância verificou algumas recomendações solicitadas pelo órgão a exemplo de um ambulatório médico, além de um contrato com uma empresa de Ambulância de Suporte Avançado.

Após a visita, o coordenador da vigilância sanitária, Ávio Brito, informou que a inspeção foi satisfatória. “Foi a melhor possível e tudo que a gente padronizou na sua primeira inspeção, 90% dela já está concluída. Lógico que o estádio vai ser entregue amanhã pela administração e a única coisa que estávamos aguardando era à conclusão do ambulatório que o administrador do Batistão, o Sidrack Marinho está nos entregando”, afirma.

Ainda segundo Ávio Brito todas as recomendações solicitadas foram atendidas. “Já estão trazendo o contrato que era a única coisa que estava pegando, o restante a vigilância já liberou. São três ambulâncias de suporte avançado, com médico, dois enfermeiros e sem isso não podia haver uma competição. Eles já se comprometeram, o dono da empresa já nos ligou dizendo que já fechou o contrato e o diretor do confiança já está trazendo o contrato para nos entregar”, diz.

Durante a reabertura do estádio, a vigilância estará enviando uma equipe ao Batistão, com o intuito de verificar como está sendo o funcionamento das cantinas e da manipulação dos alimentos no local.

SEEL

Também presente na vistoria, o diretor da SEEL, Gilson Dória informou que todas as determinações estão sendo providenciadas. “O laudo vai ser conclusivo para dar a condição do Batistão durante o ano. É um trabalho minucioso, a vigilância é parceria do governo e está preocupada com a segurança do torcedor. Todos os pontos pedidos estão sendo atendidos conforme a legislação”, informa Gilson.

Fonte e Foto: Infonet

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com