Wallace PE decide e Confiança vence Vila Nova no Estádio Serra Dourada

Foto: Cristiano Borges/O Popula

Foto: Cristiano Borges/O Popula

Antes de a bola rolar, o técnico do Vila Nova, Márcio Fernandes, disse que seu time jogaria no ataque. Já o do Confiança avisou que iria valorizar a posse de bola. Só o time sergipano cumpriu inteiramente a promessa. Os mais de nove mil torcedores que foram ao Estádio Serra Dourada nesta quinta-feira viram um jogo de muita intensidade do início ao fim. O Confiança com o controle do jogo, tabelando e construindo situações o tempo todo, enquanto o Vila explorava os contragolpes para tentar surpreender.

Os visitantes levaram a melhor, venceram por 2 a 1 e encostaram de vez no G-4. O Confiança chegou aos 25 pontos e fará confronto direto contra o América-RN na próxima rodada em busca da classificação. Já os donos da casa perderam grande oportunidade de assumir a liderança do grupo A, mas continuam na vice-liderança com 30 pontos.

Gols só no primeiro tempo. O melhor em campo, Wallace Pernambucano, abriu o placar após receber cruzamento da direita de Robinho. No segundo, chutou cruzado e  a bola desviou no zagueiro Vitor, o árbitro deu gol contra. Gustavo Bastos diminuiu o placar de cabeça.

Na próxima rodada, as duas equipes jogam na segunda-feira. O Vila Nova recebe o Salgueiro, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. O Confiança também joga em casa, recebe o América-RN, na Arena Batistão, em Aracaju. Os dois jogos acontecem às 20h30.

Campo sem dono

O Confiança ignorou o fato de jogar fora de casa no início do jogo. Com menos de dois minutos já tinha exigido a defesa do Vila por duas vezes e na terceira tentativa acertou a meta. Wallace Pernambucano recebeu cruzamento da direita de Robinho e abriu o placar. Contra o prejuízo, os donos da casa foram para cima e deram trabalho com Frontini e Moisés, mas cederam os contra-ataques e em um deles, Wallace Pernambucano tabelou com Everton e chutou cruzado, a bola desviou no zagueiro Vitor e enganou o goleiro. Árbitro deu gol contra.

O Tigre não se abateu, colocou todo o time no campo rival e conseguiu diminuir o placar com o zagueiro Gustavo Bastos. Daí em diante foi lá e cá. Rômulo e Everton tiveram boas oportunidades para os sergipanos. Frontini e Moisés tiveram chances de empatar, mas “foi só” no primeiro tempo.

Na volta do intervalo as equipes mantiveram o forte ritmo. Em alguns momentos, o Vila colocou todos os jogadores no ataque. Em outros, o Confiança chegou tocando bem a bola. Mas no geral foi lá e cá. Moisés teve uma ótima chance de empate, mas se atrapalhou na frente de Rafael Sandes, que agradeceu. Wallace quase faz o terceiro, mas a zaga dos donos da casa conseguiu se livrar do perigo.

A intensidade diminuiu após os 28 minutos, mas as chances de gols não, principalmente para o dono da casa, que começou a chutar de fora da área e exigir do goleiro Sandes. Mas o melhor lance foi em uma falha do goleiro Edson, Rômulo quase marcou, mas também se atrapalhou.

Fonte: Globoesporte.com

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com