Nota de solidariedade a Mário Bezerra do Canal Poderoso Dragão

Desde o ano passado como fechamento do Batistão por conta da pandemia da covid-19 nosso companheiro produtor de conteúdo, Mário Bezerra, do canal Poderoso Dragão, tem tido acesso as dependências do Batistão para de lá acompanhar os jogos do Confiança produzir os conteúdos que faz diariamente em seu canal do YouTube.

No entanto, nesta semana ficamos sabendo que Mário deixou de ter acesso as dependências do Batistão a pedido da diretoria do Confiança. Nenhuma explicação foi dada, nenhum motivo elencado, nada que pudesse explicar a exclusão de Mário da lista de pessoas habilitadas a acessar o Batistão. Diferente da CBF, a Federação Sergipana de Futebol por sua vez nunca deixou claro critérios, formas de credenciamento e registro para acesso de profissionais ao estádio, permitindo que atitudes como essa sejam tomadas sem explicação alguma.

Viemos por meio desta prestar nossa solidariedade a Mário diante de atitude grosseira e anti-democrática da diretoria do Confiança que usou de sua influência a impedir que um produtor de conteúdo pudesse acessar as dependências do Batistão, provavelmente por conta de suas críticas a atual gestão, críticas essas que tem fundamentos dada as péssimas campanhas em todas as competições que o Confiança participou este ano e dado o distrato que diretor de futebol fez à torcida em programa de rádio na última semana.

Por fim lembramos que não é a primeira vez que a diretoria trata algum setor ou indivíduo de forma beligerante como aconteceu com Torcida Trovão Azul, por exemplo, e que somente a pacificação e o entendimento, respeitando as críticas em um ambiente democrático de diálogo, é um dos passos para gente sair da situação muito ruim a qual Confiança está inserido, muito por conta de erros de planejamento e execução da atual gestão.

No próximo ano os desafios do Confiança são enormes e a gestão que está a frente do clube precisa corrigir o erros, atrair a torcida e cumprir seu mandato deixando o Confiança no lugar que merece: o protagonismo do futebol sergipano e ascensão no cenário nacional.

Aproveitando uma frase na própria Trovão Azul: “Juntos somos mais fortes!”. E essa união passa principalmente pelo respeito as divergências e civilidade no tratar dentro da comunidade azulina, seja torcidas organizadas, produtores de conteúdo, grupos do WhatsApp e principalmente, a torcida, razão de ser de um clube de futebol e quem mais sofre com a atual situação.

Saudações proletárias,

Assinam esta nota:

Hellen Graça
Fernando Santana
Mike Gabriel
Lucas Matheus
Lucas Oliva
Jones Ribeiro
Felipe Moura
Júlio Marcel 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *