Foto: Paysandu

Nicolas Careca, autor do primeiro gol na vitória do Paysandu sobre o Pouso Alegre por 2 a 1, teve um desempenho destacado na última partida, mas acabou expulso após a marcação de um pênalti que resultou no gol da vitória adversária. Como consequência, ele não poderá jogar na próxima fase da Série C devido ao cartão vermelho recebido.

Na ausência do artilheiro Mário Sérgio, o técnico Hélio dos Anjos escalou a dupla de ataque formada por Nicolas Careca e Ronaldo Mendes, o que se mostrou uma escolha acertada. Aos 13 minutos, Careca demonstrou grande determinação ao persistir na jogada, resultando no gol que levou a torcida presente ao delírio.

Nicolas Careca estava constantemente presente na defesa adversária, seja em arrancadas ou finalizações. Aos 27 minutos, ele tentou uma bicicleta após um cruzamento na área, mas o lance pouco ensaiado acabou nas mãos do goleiro George.

Pênalti, agressão e expulsão

Na segunda etapa, aos oito minutos, Careca combinou com Vinícius Leite, e seu forte chute passou perto da trave. Com o jogo empatado e a pressão do Pouso Alegre, a tensão aumentou em campo, resultando em uma grande discussão após um pênalti a favor do Paysandu. Durante esse tumulto, Nicolas Careca e Léo Alves trocaram empurrões e foram expulsos pela árbitra Thayslane de Melo Costa. Essa foi a primeira vez que Careca recebeu um cartão vermelho desde sua estreia pelo Paysandu, contra o Floresta, na 9ª rodada.

Nicolas Careca agora assistirá à despedida da primeira fase de fora, com a sensação de dever cumprido ao contribuir para manter vivo o sonho do Paysandu de conquistar o acesso à Série B. O próximo confronto entre Confiança e Paysandu está marcado para o próximo sábado (26), às 16 horas, no estádio Batistão, em Aracaju.

Inscreva-se no nosso canal do Youtube

By Mike Gabriel

Produtor de conteúdo, criador deste site em 2011, quando tudo aqui era mato!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *