O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu arquivar a denúncia do Manaus contra a Aparecidense, referente à suposta escalação irregular do lateral Matheus Leal durante a 15ª rodada da Série C. Apesar de estar suspenso, o jogador foi listado na súmula do jogo contra o Floresta. O Tribunal considerou que houve um equívoco por parte da CBF ao confirmar a súmula da equipe goiana. O documento oficial pode ser consultado ao final da matéria.

Relembre o caso

O Manaus apresentou a notificação de infração ao término da primeira fase da Série C. A diretoria do Manaus acusou a equipe goiana de ter escalado o lateral Matheus Leal de forma irregular na rodada 15. O jogador estava suspenso, mas seu nome constava na súmula do confronto contra o Floresta.

O requerimento foi protocolado pelo procurador Marcelo Aparecido Tavares. Caso o STJD aceitasse a denúncia, o Manaus esperava que a Aparecidense fosse penalizada com a perda de quatro pontos. Isso colocaria o clube goiano na zona de rebaixamento, salvando assim o Manaus do rebaixamento para a Série D do Campeonato Brasileiro.

Posição do STJD

Conforme informado pela Confederação Brasileira de Futebol-CBF(Fls.104/105), procede as alegações da AssociaçãoAtlética Aparecidense-GO, ou seja, não houve irregularidade alguma na escalação de atletas da equipe na partida em face da equipe do Floresta-CE, válida pela 15ª rodada da 1ª fase do Campeonato Brasileiro Série C.

Decisão completa aqui:

Inscreva-se no nosso canal do Youtube

By Mike Gabriel

Produtor de conteúdo, criador deste site em 2011, quando tudo aqui era mato!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *