Os conselheiros do Confiança Hyago França e Ernando Rodrigues pediram afastamento do Conselho de Administração do clube no dia 19 de dezembro de 2023. O pedido foi acatado por unanimidade pelos conselheiros presentes na reunião.

O pedido de afastamento se deu após a Frente Azulina de Sócio Torcedor (FAST), a Torcida Trovão Azul, a Torcida Jovem do Confiança e a Dragão Chopp solicitarem o afastamento dos dois por conta de conflito de interesses.

Conflito de interesses

Ernando e Hyago foram dirigentes do Confiança entre 2014 e 2022. Em 2022, Hyago, então presidente, renunciou ao cargo e logo depois fundou o Carmópolis, que disputará a primeira divisão do campeonato sergipano em 2024.

O Carmópolis será um dos adversários do Confiança na próxima temporada. Com isso, os dois conselheiros poderiam ter acesso a informações privilegiadas sobre o Confiança, o que poderia ser usado para beneficiar o Carmópolis.

Para evitar que fossem afastados, os mesmos já fizeram a solicitação.

Novo momento no Conselho de Administração e na política azulina

O afastamento dos dois conselheiros é um passo importante para o Confiança. Ele mostra que o clube está disposto a cumprir as regras e a evitar conflitos de interesses.

Além disso, o afastamento também demonstra que os movimentos e torcidas organizadas do Confiança estão atentas e estão dispostas a cobrar o clube para que ele seja administrado de forma transparente e responsável.

O Confiança é um clube tradicional e merece ter uma gestão profissional e transparente. O afastamento dos dois conselheiros é um passo importante para que o clube possa alcançar esse objetivo.

Após o afastamento, o Confiança não deverá eleger novos conselheiros para ocupar as vagas deixadas por Ernando e Hyago. Tais vagas eram das cotas de conselheiros vitalícios destinada a ex presidente e portadores da comenda Sabino Ribeiro, o que também é questionado pelas organizações que solicitam o afastamento dos ex dirigentes.

Inscreva-se no nosso canal do Youtube

By Mike Gabriel

Produtor de conteúdo, criador deste site em 2011, quando tudo aqui era mato!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *