O presidente do Confiança, Pedro Dantas, anunciou nesta quarta-feira (22) que o clube vai cobrar direitos do nome de duas empresas: a fábrica de biscoitos Confiança e a mortadela Confiança.

A decisão foi tomada após o governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciar que vai cobrar da Amazon pelo uso indevido do nome do estado.

“O nome Confiança ficou conhecido em todo o Brasil por conta do futebol”, disse Pedro Dantas. “Empresas por todo o Brasil se aproveitam do nosso trabalho e sequer nos patrocinam. Agora vamos atrás do nosso dinheiro.”

A fábrica de biscoitos Confiança foi fundada em 1918. A mortadela Confiança é produzida pela empresa Frigol Alimentos, que tem sede em Goiás.

Até o momento, as duas empresas não se manifestaram sobre a cobrança do Confiança.

Pedro Dantas conta com esse dinheiro para terminar de montar o elenco do Confiança para a temporada 2024. O clube disputará a Série C do Campeonato Brasileiro e o Campeonato Sergipano.

Precedente perigoso

A decisão do Confiança de cobrar direitos do nome de empresas é um movimento inédito no futebol brasileiro. A medida pode abrir um precedente para que outros clubes também busquem seus direitos de imagem.

O caso do Confiança é interessante porque o clube tem um nome forte e conhecido em todo o Brasil. A fábrica de biscoitos Confiança e a mortadela Confiança também são empresas conhecidas, mas o uso do nome do clube pode gerar confusão para os consumidores.

A cobrança do Confiança pode ser bem-sucedida se a empresa conseguir provar que o uso do nome do clube causa danos à sua imagem ou ao seu faturamento.

PS: Se você chegou até aqui, saiba que é só uma brincadeira com o pedido sem pé nem cabeça do governador Wilson Lima do Amazonas.

Inscreva-se no nosso canal do Youtube

By Mike Gabriel

Produtor de conteúdo, criador deste site em 2011, quando tudo aqui era mato!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *